Brasileira carregou coronavírus por 152 dias sem sintomas; é o caso mais longo registrado

Parece inacreditável, mas uma brasileira carregou por cinco meses o novo coronavírus no organismo: a mulher permaneceu 152 dias infectada com o Sars-CoV-2 com capacidade de se multiplicar e de infectar outras pessoas, inclusive. O mais surpreendente é que ela passou todo esse tempo sem apresentar sintomas.

 

Identificada apenas como Paciente Número 3, a mulher, que é uma profissional de saúde do Rio de Janeiro, adoeceu em março e ficou três semanas com sintomas leves. Os sintomas passaram, mas o vírus permaneceu por pelo menos cinco meses. Conforme os pesquisadores, este caso é considerado o mais longo de infecção do vírus no mundo, mas não é isolado. 40% dos 3 mil pacientes testados nesse estudo continuaram positivos 14 dias após o aparecimento dos sintomas, tempo que, em tese, a pessoa deixa de transmitir o vírus e pode sair do isolamento.

 

O caso está sendo acompanhado por cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os pesquisadores alertam que o caso da mulher evidencia o potencial contagioso do vírus e o papel de assintomáticos na propagação da pandemia.

Compartilhar agora
X