BOAS NOTÍCIAS: Vacina contra demência e Alzheimer chega a estágio final e será testada em humanos

A tão sonhada vacina contra demência e Alzheimer chegou em sua última fase e agora será testada em humanos. Desenvolvida por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, da Universidade de Flinders, na Austrália, e do Instituto de Medicina Molecular, também dos EUA, a vacina apresentou ótimos resultados em testes realizados com camundongos. Agora, os cientistas responsáveis pela pesquisa garantem que a experiência está pronta para os testes finais, em pacientes humanos.

 

A demência e o Alzheimer são declínios cognitivos ocasionados pelo acúmulo de determinadas proteínas no cérebro, ocasionando alguns danos neurológicos. A vacina promete eliminar o acúmulo dessas proteínas e interromper a neurodegeneração. Em camundongos, percebeu-se que os problemas cerebrais com as mesmas características do Alzheimer foram eliminados e a deficiência foi regenerada.

 

 

O endocrinologista responsável pela vacina, Nikolai Petrovsky, disse à ABC que os testes renderam ótimos e animadores resultados. Ele conta que a equipe planejará nos próximos meses os testes em humanos, que devem acontecer em até 2 anos, quando o problema da pandemia estiver normalizado.

 

Nikolai disse que está muito contente com os resultados e que essa foi uma grande conquista para o início desta década. Ele afirma que a chegada de uma vacina ajudará bastante no combate ao Alzheimer, já que os tratamentos atuais são com medicamentos que só ajudam a retardar a doença, sem garantia total. (Razões para Acreditar)

Compartilhar agora
X