Após fotos vazarem com público sem distanciamento e sem máscaras, Parque Beto Carrero World teve que se explicar

O Parque Beto Carrero que havia anunciado a retomada de suas atividades em 12 de junho teve que se explicar após  virilizar fotos que mostravam o parque cheio, pessoas sem máscaras, o que acabou gerando muitas críticas e comentários negativos na internet: “O Brasil pode ser definido por uma palavra: vergonha”, escreveu um deles.

 

Nas fotos, é possível ver que não existia o distanciamento entre as pessoas, as fileiras estavam muito próximas e o público, muitos estavam sem máscaras. O Brasil ultrapassou neste fim de semana, o número de 50 mil mortes pela Covid-19 e somou mais de 1 milhão de casos confirmados.

 

 

Diante de toda repercussão, a organização afirmou que vem tomando medidas para minimizar riscos de contágio da covid-19: “As medidas de segurança por aqui estão sendo seguidas à risca. As imagens que circulam precisam ser vistas de 2 ângulos. A arquibancada pode parecer cheia, mas na verdade os shows estão funcionando com apenas 30% da lotação. Prezamos por muita diversão com segurança” postou o Beto Carrero World.

 

Conforme reportagem da Agência Estado de 13 de junho, as atrações nos ambientes fechados continuam suspensas e o número de pessoas nos brinquedos foi limitado. Monitores lembravam as pessoas sobre as medidas de segurança. O uso de máscara e aferição de temperatura é obrigatório. As filas dos dias normais foram substituídas pela fila virtual, via aplicativo. Mas em alguns casos, a reportagem do Estadão identificou pessoas que descumpriram as orientações e circularam sem máscaras e sem respeitar o distanciamento mínimo.

Compartilhar agora
X