Após críticas, prefeitura justifica intervenção em pintura artística em paredão na Orla II

Uma pintura artística realizada em um muro de pedras que fica na área do Vaporzinho, na Orla 2 de Juazeiro-BA, recebeu uma intervenção da Prefeitura Municipal, fato que gerou críticas do ex-superintendente de Cultura da gestão atual, Maurício Dias Cordeiro, o Mauriçola. A arte era de autoria de alunos de Artes Visuais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

 

Em texto enviado à Rede GN, Mauriçola destacou que a obra trazia um “profusão de cores, intensidade e densidade, numa diluição de azuis & verdes em tons maiores” e havia sido um “presente para o aniversário de Juazeiro”. As pinturas foram substituídas por uma única cor cinza.

 

Em resposta, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro informou que a pintura “estava desgastada” e que, após procurar a professora Clarissa Campello, que coordenou a intervenção artística junto aos alunos, e ter seu apoio, deu-se início à realização de um novo projeto artístico para aquele local. O órgão disse ainda que “tem respeito e admiração pela professora Clarissa e seus alunos” e que, recentemente fez uma parceria com alunos da instituição, onde disponibilizou materiais para que os mesmos realizassem seus projetos artísticos em locais específicos da cidade.

Compartilhar agora
X