Após atrair multidão em abertura, loja é fechada pela Polícia Civil

A primeira loja Havan de Belém foi fechada pela Polícia Civil na tarde deste sábado (10/10) após atrair uma multidão de pessoas durante a inauguração, causando aglomeração. A intervenção ocorre horas após vídeos de centenas de pessoas dentro do espaço viralizarem nas redes sociais. O evento ocorreu no mesmo dia em que o Brasil atingiu a marca de 150 mil vítimas do novo coronavírus. A capital paraense foi uma das mais afetadas pela pandemia da Covid-19 no Brasil.

 

Segundo o governo do Pará, o gerente da megaloja será conduzido pela polícia para prestar esclarecimentos, pelo não cumprimento do distanciamento social. “A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informa que a responsabilidade pela fiscalização no local é da Prefeitura de Belém, mas como o Poder Público municipal não se manifestou, a Sespa enviou ao local uma equipe da Vigilância Sanitária”, diz em nota.

 

O comunicado ainda informa que o estabelecimento foi notificado pelo não cumprimento das regras indicadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A Polícia Militar acompanhou a operação. (Metrópoles)

Compartilhar agora
X