Ao defender Bolsonaro, cantor Netinho ataca comunidade LGBT: “Enxergam a vida pela lente do fiofó”

O deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou nesta quarta-feira (29), em sua rede social, um trecho de uma entrevista feita com o cantor baiano Netinho, onde o mesmo faz ataques à comunidade LGBT, ao comentar sobre uma possível relação com o Governo Bolsonaro. Na entrevista, que ainda vai ao ar na íntegra, o cantor faz outras afirmações polêmicas envolvendo a comunidade LGBT, ao falar sobre o Carnaval de Salvador.

 

“Se esse pessoal LGBT não vivesse de acordo com o fiofó, porque eles vivem assim, né, pensando com com o fiofó, eles estariam hoje comandando o Brasil junto com Jair, apoiando Jair, ia ser maravilhoso. Mas eles foram doutrinados a enxergar a vida pela lente do fiofó”, disse o cantor, que revelou ainda que está em abstenção sexual desde 2016.

 

Netinho, que é bissexual assumido, ainda fez críticas ao carnaval de Salvador ao comentar que muitas famílias deixaram de participar da festa para evitar que os filhos vejam casais gays se beijando. “As famílias que têm filhos adolescentes não querem mais levar para a Bahia, pois vão ver homem se beijando com homem, abaixando o short no meio da rua para quem estarem no camarote assistirem [sic]”, diz em outro trecho.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por www.portalzap.com (@portalzap) em

 

Netinho, defensor do conservadorismo e apoiador do governo de Jair Bolsonaro, já se envolveu em polêmicas, em outras oportunidades, com a comunidade LGBT. Em 2019, por exemplo, o cantor postou uma imagem em apoio à retirada de uma HQ com beijo gay da Bienal do Livro, fato que também foi motivo para repercussão nacional.

Compartilhar agora
X