Portal Zap - COLUNA DA COPA: Autoridade brasileira e o teste belga na Copa


COLUNA DA COPA: Autoridade brasileira e o teste belga na Copa
Veja:
publicada em 02/07/2018

Com autoridade

O Brasil fez, diante do México, sua melhor partida da copa até então. Mesmo com o bom início de jogo dos mexicanos, o Brasil se comportou bem em campo, calmo, seguro e mostrou que tem um time maduro para enfrentar as dificuldades que aparecem na partida.

No primeiro tempo chamou à atenção a calma que nossa seleção teve nas saídas de bola após ataques sucessivos do México. E no segundo, a mudança tática que Tite fez (avançando o Neymar para o lado de Jesus), aliado a bela partida do setor defensivo (leia-se Thiago Silva, Miranda e Casemiro que se destacaram dos demais), as arrancadas de William, que felizmente despertou no mundial e o ótimo jogo de Neymar, fez com que a seleção mais uma vez vencesse a partida e garantisse vaga nas quartas.

Foi assim, ou estou Hexagerando?

 

Dupla proteção

Se ontem falamos da dupla perigosa de atacantes do Uruguai, precisamos falar dos dois defensores brasileiros. Que copa do Mundo Thiago Silva e Miranda vêm fazendo. Thiago, super criticado no Brasil há quatro anos, vem fazendo um mundial. Impecável, seguro, imponente em campo e líder dessa nossa defesa. Do outro lado, Miranda, injustiçado por não ter sido convocado em 2014, é um jogador simples, que não complica e não erra um "bote". 

Os dois jogadores dão uma segurança defensiva importante para a boa campanha que o Brasil vem fazendo nesta copa.

 


Passou no teste?

A Bélgica passou com louvor na fase de grupos desta Copa do Mundo. Apesar de pegar um dos grupos mais fracos da competição (Tunísia, Panamá e Inglaterra), a equipe belga mostrou um futebol vistoso, entrosado e com tudo que já esperávamos que esta seleção mostraria na Rússia.

Mas eles não foram testados num jogo mais exigente, quando enfrentaram a Inglaterra, os dois estavam classificados e fizeram um jogo de “comadre”. Todos os críticos achavam que mesmo o Japão não colocando medo em muita gente, por ser jogo eliminatório, os belgas iam, agora, passar por um teste de verdade. E não é que foi assim.

O detalhe é, eles passaram no teste? O Japão aproveitou o “apagão” da Bélgica e abriu 2 a 0 logo aos 10 minutos do segundo tempo. Chegaria o momento dessa geração recheada de craques mostrar a que veio, e conseguiram virar o jogo nos acréscimos da partida.

Mas, a pergunta continua...mesmo conseguindo a vitória de virada, a seleção belga conseguiu passar no teste?

No máximo passou por média.

 

Por Bruno Lopes
TAGS: copa do mundo, portalzap, russia, futebol, brasil